SENAI – Espaço “Dialogar” Proma

 

Artigo escrito por Caroline Obenaus, arquiteta responsável pela área

de desenvolvimento de projetos da Proma Construções.

 

Que tal uma sala de aula assim? Seria incrível, não é? Esse espaço existe e foi uma ideia do Senai de Jaraguá do Sul/SC.

Com a parceria de empresas da região, o Senai colocou em prática esse projeto para o Bloco F com o intuito de instigar a criatividade dos acadêmicos e sair do método tradicional de ensino (carteiras e quadro), que separa o professor dos alunos – reconhecendo, assim, que as pessoas possuem maneiras diferentes de aprender e se relacionar com o espaço de aprendizagem.

Nesse sentido, as salas de aula foram divididas em ambientes temáticos que vão ao encontro da proposta de ensino do Senai: pesquisar, ouvir, captar, prototipar, inspirar, experimentar, geometrizar, criar, expor e dialogar – e é nesse último espaço que a Proma, a partir da essência do diálogo, da conversa e da troca de opiniões, elaborou um projeto dinâmico, acolhedor e que acompanha fisicamente a proposta metodológica da instituição.

Para desenvolver a sala, unindo-a à proposta da Proma de criar e desenvolver moradias, eu me inspirei nos apartamentos de New York. O charme do ambiente, que é moderno, aconchegante e com um toque industrial, lembra a ideia dos primeiros “lofts”, surgidos na década de 70 – esses espaços eram reconhecidos por não terem paredes dividindo os ambientes, pé-direito alto e iluminação natural garantida por grandes janelas, além de tijolos e tubulações (elétrica e hidráulica) aparentes.

 

Foto: Chan (WeArt)

 

O projeto

O ambiente, com o teto com a infraestrutura aparente, tem em uma de suas paredes tijolos de demolição e, em outra, uma pintura de um artista plástico. Já as demais paredes foram pintadas na cor grafite, com uma tinta especial, tipo “quadro-negro”, para que os estudantes possam expressar suas sugestões e ideias pelo espaço, deixando, assim, a sala ainda mais interativa.

Outros itens que merecem atenção: as cortinas, que foram feitas pelas acadêmicas do curso de Moda do Senai; o retroprojetor, que está em uma moldura dourada; as máquinas de bebidas e os snacks, para que os estudantes tenham à disposição os lanches na própria sala – podendo, inclusive, pagar sozinhos por meio de uma máquina de cartão.

 

Foto: Chan (WeArt)

 

A imagem, desenhada à mão com o tema proposto pelo Senai, tem como plano de fundo os empreendimentos executados pela Proma. Já os dois personagens, em primeiro plano, interagem dentro do conceito “dialogar” – a mulher da direita representa as Ciências Biológicas, as Ciências Exatas e a natureza. Já o rapaz da esquerda faz referência às Ciências Humanas.

 

Foto: Chan (WeArt)

 

Um dos destaques principais da sala pensada e criada pela Proma são os puffs, que foram produzidos exclusivamente para esse projeto pela Estofados Jardim. Os tons de azul se correlacionam com a Proma, o jogo de encostos (um sim, um não) dá equilíbrio ao espaço, o formato hexagonal possibilita o encaixe de várias peças e o layout mais orgânico deixa o ambiente mais divertido. Outro detalhe que merece ser mencionado: os puffs são soltos, proporcionando dinâmicas diferentes para uma sala de aula que promove a liberdade de expressão.

 

Foto: Chan (WeArt)

 

Iniciativas e projetos como esses merecem ser aplaudidos de pé.

 

Deixe seu comentário