O uso dos pufes na decoração

 

Puf, puff ou pufe, a escrita é feita de várias maneiras (apesar da correta ser pufe) mas, uma coisa que é certa e não dá margem para dúvidas,  são as suas diversas possibilidades de uso.

De origem marroquina, ele deixou de ser uma peça de uso exclusivo para o descanso dos pés e ganhou novas funcionalidades. É possível inclusive afirmar que, além de serem curingas na decoração são também uma maneira cool de viabilizar espaços variados, pois conferem elegância e dão um toque moderno ao ambiente.

Transitam facilmente em salas (sejam eles de estar, home ou living) como também em quartos, mas, podemos garantir que eles invadem outros cômodos como por exemplo a cozinha, onde são apoios quando chega aquela visita inesperada e você ficou sem cadeira para confortar todos à mesa. É uma maneira de fugir do convencional e substituir até uma mesinha para servir café, cadeira – ou, a falta deles – por um pufe.

O design normalmente é de linhas retas onde predomina a simplicidade, o que não quer dizer, que numa peça não possa ter um toque de personalidade, seja através de um detalhe de costura, forma textura ou até mesmo pé diferenciado.

A vantagem de incluir o pufe na decoração é a facilidade de movê-lo de um cômodo para o outro sem muito esforço ou bagunça. Confira nossa seleção de peças e usos variados que podem inspirar você:

Com mesas de centro e plantinhas super charmosas, o resultado é uma atmosfera diferenciada e ainda mais apoios  para sentar e receber bem.

Tradicionalmente como extensão de poltronas, para apoio dos pés:

Compondo formatações diferenciadas em ambientes modernos e despojados:

Ambiente Beity Design

Como apoio para bandejas, acessórios e complemento da decoração:

Com texturas e formatos variados, resgatando a memória afetiva através do trabalho manual:

Fotos Pinterest

Deixe seu comentário