A natureza como tendência na decoração em 2020: O que isso tem a dizer sobre nós.

criança na natureza

Quem acompanha os principais canais de tendência em design e decoração deve ter percebido a onipresença de um elemento que promete marcar os ambientes nos próximos anos: a natureza

Com uma perspectiva de desperdício 0, os eventos da CasaCor em 2019 destacaram como tendência para 2020 o aumento no uso de matérias-primas naturais em mobílias e decorativos. Outro destaque foi o uso de pedras brutas como objeto de decoração, além da presença cada vez mais abundante de plantas

Já a WGSN, referência mundial em inteligência de mercado e previsão de tendências, aponta para os próximos anos elementos como o artesanato natural, o reaproveitamento de materiais como o papel e o uso de elementos geológicos na decoração. 

natureza dentro de casa
A natureza vai invadir sua casa nesse 2020!

Não dá para negar, a natureza está vindo para tomar o lado de dentro das nossas casas, enchendo os ambientes de coresaromas e vida

E como você sabe, as tendências nada mais são do que um reflexo da sociedade que as produz. Ao olharmos ao nosso redor, fica fácil entender este anseio pelo contato com o natural, especialmente entre os millenials, uma parcela cada vez maior entre os consumidores. 

Um reflexo da sociedade 

Não é nem um pouco difícil associar a postura sustentável do mercado com a crescente conscientização e preocupação internacional com as pautas ecológicas e ambientais. 

Mas se pararmos por aqui, teremos uma visão parcial e ignoraremos aspectos que, por mais subjetivos que pareçam, nos revelam algumas facetas da condição humana em nosso próprio tempo e nos faz entender o comportamento de gerações de consumidores. 

déficit de natureza
É inegável a falta que a natureza está fazendo em nossa sociedade.

Os estudos são categóricos: estamos sentindo falta da natureza. Temos cada vez menos contato com ela e isso está nos deixando mais ansiososestressados e depressivos, isso sem falar em outros transtornos psíquicos, mentais e até mesmo físicos. 

Esta é uma demanda que surge em todas as faixas etárias, mas há um público em especial que se destaca: os jovens adultos que habitam os grandes centros urbanos

criança privada de natureza em centro urbano
Criadas em centros urbanos, muitas crianças acabam perdendo o contato com a natureza durante o crescimento.

Com uma infância privada de contato com elementos da natureza como riachos e áreas florestadas, hoje esse grupo de millenials busca reestabelecer sua conexão com o mundo natural. 

Um exemplo disso é o aumento na procura por jardins verticais e soluções que usam da criatividade para criar transformar sacadas em verdadeiros jardins. 

Ritual terapêutico e saudável 

Mas a relação com os pequenos elementos da natureza vai muito além da presença de plantas espalhadas pelos ambientes da casa e envolve todo o ritual de plantio e cultivo. Este processo reduz a ansiedade e é visto por muitos como uma alternativa terapêutica. 

hábito da jardinagem amadora também tem estimulado muitas pessoas a cultivarem, por menor que seja o espaço, sua própria horta. São vários os alimentos que podem ser cultivados até mesmo em pequenas sacadas. 

Raízes 

As novas tendências do design e da decoração estão nos ajudando a reestabelecer nossa ligação com o que é natural, essencial e significativo. 

É algo que ultrapassa as barreiras físicas e literais, se apropriando de outras formas de buscarmos uma conexão mais profunda com o mundo. 

millenials em casa praticando jardinagem
Millennials estão buscando uma reconexão com a vida natural.

Outros destaques das já citadas CasaCor e WGSG giram em torno de conceitos como o vintage, a nostalgia, o artesanato e o uso de elementos históricos na decoração. 

Não restam dúvidas, 2020 é o ano para buscar reacendermos nossas conexões, humana e com o mundo. A Estofados Jardim preparou uma coleção que irá iluminar a parte mais terna e saudosa da nossa alma. 

É tempo de voltar às raízes

VEJA TAMBÉM: SÉRIE MAXIMALISMO

#1 | O MAXIMALISMO É UMA REAÇÃO AO MINIMALISMO?

#2 | O QUE A NOVA ONDA DO MAXIMALISMO TRAZ DE NOVO PARA A SUA DECORAÇÃO?

Deixe seu comentário